Como fazer uma boa copy de vendas?

Você já pensou como cativar o seu prospect de forma instantânea? Vou te ensinar a como usar em seus textos as melhores técnicas de Copy para vendas, deixando seus textos mais persuasivos e garantindo sua conquista de clientes.

Se você não sabe o que é um copywrite ou uma escrita persuasiva, o famoso copy é toda a comunicação que você operará com seu possível cliente, podendo ser em anúncios, landing pages, páginas de sites ou vídeos.

Este texto tem por sua essência a persuasão do leitor. Para atingir níveis aceitáveis de persuasão, deve-se aplicar fórmulas ou técnicas em seu texto, deixando-o mais atrativo para o leitor, colaborando com as vendas.

Técnicas de copy

Para quem escrever?

Primeiramente, você deverá delimitar qual será seu público alvo ou a “persona”.

Tendo clareza de quem é o seu público, você poderá traçar estratégias personalizadas em seu texto, criando assim maior aderência de leitura. Isso também garante que o possível cliente, ao receber a mensagem, não tenha surpresas quanto o seu conteúdo.

Imagine quão inconveniente seria desconhecer características básicas como idade, gênero, idioma e entre outras características?!

Então o primeiro passo será delimitar esses marcadores de público. Uma dica é criar pesquisas nos grupos de Facebook, Google e Instagram buscando sempre a simplicidade e rapidez.

Restrições

Outra necessidade para um bom copy será saber as restrições que seu leitor possuí.

Por vezes seu cliente gostaria de uma comunicação mais leve, descontraída de formalidades e acessível a todos os públicos.

Outros estão mais propícios a uma comunicação mais agressiva no sentido do marketing, ou talvez não gostariam de que certos pontos fossem abordados em sua leitura.

Essa parte é muito importante, visto que o desleixo com esse tópico provocará inevitável retrabalho para modificação de seu texto.

Dores e Transformações

Uma das coisas mais interessantes da humanidade é que suas atitudes de mudança se baseiam em fatores que lhe causam desconforto, tal como dor (Ex: Medo) e restrições

(Ex: Fome, sede). No marketing digital essa técnica é usada para engajar a pessoa no projeto.

Fazemos isso com uma parte do texto causando desconforto, ou até mesmo curiosidade para algo negativo. Exemplo: A dor de uma pessoa que está na academia seria estar acima do peso ou insatisfeita com seu corpo.

E a transformação seria ter um corpo mais saudável e gostar mais de como seu corpo estará.

Talvez essa parte seja a mais importante, pois a partir dela a persona sentirá que o texto sabe qual o seu problema e propõe uma solução.

Com isso poderá abordar uma promessa de solução e explicará como será feito o caminho para chegar ao objetivo.

Gatilhos Mentais

Esses fazem parte dos vieses cognitivos para a persuasão. Robert Cialdini é um dos teóricos mais influentes da área, mapeou diferentes formas de capturar a atenção das pessoas de diversas formas.

No seu livro “Armas da Persuasão” (2013), pontua alguns como: Autoridade, Escassez, Urgência e outros.

Explorando essas ferramentas na sua comunicação, garantirá o gatilho cognitivo da atenção necessária para prender seu leitor de forma mais inconsciente e transformar seus objetivos em oportunidades.

Grid de públicos

Os grids são malhas ou réguas que buscam ajudar a organizar os conteúdos que o escritor gostaria de passar para o leitor.

Por meio de uma divisão por partes iguais e proporcionais, ele busca o equilíbrio visual necessário para que o leitor/cliente possa ser levado com praticidade pelas informações.

O grid deve ser responsivo, buscando a adaptação dos elementos contidos nele em diversos tamanhos de tela.

Para se entender melhor como criar um grid, abra uma planilha no seu processador de dados como Excel ou Calc.

Nele adicione 12 colunas infinitas para preenchê-las, sendo que você pensará o conteúdo de seu texto arranjado dentro dessas colunas.

Em resumo, os grids são uma estrutura bem simples que nem sempre fica exposta à primeira vista, porém é indispensável para criação de bons copywriter’s.

Os usuários sempre saem ganhando com a fluidez de informações e passa-se a ter um norte de qualidade e organização.

Teste e Otimização

Nesse ponto o projeto passa por uma avaliação inicial, que dará um retorno sobre o que funciona em seu texto e sobre aquilo que precisa de mudanças. Por meio dessas mudanças o produto final acaba por se tornar infalível e totalmente otimizado para seu público alvo.

Escala e Otimização

Quando o projeto chega a esse ponto é preferível o investimento de verbas para que seu conteúdo chegue ao seu público alvo de forma mais ampla. Vale pagar anúncios personalizados e envios de e-mails.

Caso a plataforma de ampliação do público apresente bons ou maus resultados, deve-se avaliar e otimizar seu projeto para cumprir seus objetivos.

Tá…Mas o que não fazer?

  1. Não crie banners do tipo: ”APRENDA A GANHAR DINHEIRO ONLINE”

São muito abrangentes e nunca passam confiança suficiente no conteúdo que será abordado. O melhor a fazer é evitar apelar para esse tipo de título para sua isca digital.

  1. Não apele para o desconforto do seu leitor de forma agressiva. Tente instigar a curiosidade e não sua raiva ou desgosto sobre assuntos delicados.

O que fazer?

  1. Ao invés de criar um banner com: “APRENDA A GANHAR DINHEIRO ONLINE”. Preze por títulos mais confiáveis: “4 Maneiras de investir em sites para ganhar até R$1.000 reais como afiliados”.
  2. No caso de instigar a curiosidade: “5 Exercícios de 10 minutos! Emagreça 3kg em 1 semana!”.

Use um Modelo Pronto

Não sabe por onde começar? Novato em copy? então copie e cole um modelo pronto, o copymestra é o ideal para isso, por isso clique aqui e conheça hoje o método de fazer copys que vendem

Clique aqui e conheça o método CopyMestra e comece a vender já

Conclusão

Busque sempre aprimorar seus conhecimentos em copywrite de forma mais orgânica e atualizada, pois será através dela que seus rendimentos podem seguir a medida de seu objetivo.

Demonstrar como sua persona poderá alcançar o sucesso por meio de passo a passos simples, em pouco tempo e sem precisar de muito dinheiro investido podem ser um ótimo começo.

Logo de cara o seu leitor deverá saber o benefício que ele receberá ao seguir com seu conteúdo, só conhecendo seu avatar ou persona é que se tornará possível obter-se ganhos significativos com escrita de Copywrite.

Talvez o mais importante seja entregar o que foi prometido, dar um relato de sua experiência.

Só sabendo da solução proposta pelo escritor, a persona acabará gerando uma divulgação voluntária do seu conteúdo e isso será a fórmula do sucesso de seus copy’s.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post